16/11/2018

Documento final de Conferência de Saúde Indígena em Rondônia reafirma direito a saúde diferenciada e terra

A 6ª Conferencia Local de Saúde Indígena – Polo Base Porto Velho ocorreu entre os dias 13 e 15 de novembro na Terra Indígena Karitiana

6a Conferencia Local de Saúde Indígena – Polo Base Porto Velho ocorreu na na aldeia Central, Terra Indígena Karitiana. Foto: Cimi Rondônia

6a Conferencia Local de Saúde Indígena – Polo Base Porto Velho ocorreu na na aldeia Central, Terra Indígena Karitiana. Foto: Cimi Rondônia

Indígenas dos povos Karitiana, Karipuna, Kassupá e Tenharim, junto a entidades indigenistas não governamentais e órgãos do governo que participaram da 6a Conferencia Local de Saúde Indígena – Polo Base Porto Velho, ocorrida entre os dias 13 e 15 de novembro, divulgaram um documento em que reivindicam a garantia de atendimento específico e diferenciado a saúde indígena e o respeito aos direitos territoriais dos povos originários.

A atividade ocorreu na aldeia Central, dentro da Terra Indígena (TI) Karitiana. “Continuaremos lutando por saúde diferenciada, territórios demarcados e por todos nossos direitos garantidos constitucionalmente”, afirmam os indígenas no documento.

Confira na íntegra:

 

MENSAGEM FINAL
6a CONFERENCIA LOCAL DE SAÚDE INDIGENA – POLO BASE PORTO VELHO

Nós, povos indígena Karitiana, Karipuna, Kassupá, Tenharim, e entidades indigenistas não governamentais e órgãos do governo presentes na 6a Conferencia Local de Saúde Indígena – Polo Base Porto Velho na aldeia Central, Terra Indígena Karitiana, município de Porto Velho – RO, nos dias 13 a 15 de novembro de 2018, viemos a publico manifestar que neste momento a conjuntura politica indigenista brasileira coloca em risco os direitos dos povos indígenas conquistados e garantidos na Constituição Federal de 1988. Manifestamos nosso repudio a posição do presidente Jair Bolsonaro que repetidamente tem manifestado publicamente sua posição contrária aos direitos ao território demarcados, colocando em risco a integridade física, cultural e territorial dos povos indígenas do Brasil.

Nesta Conferência reafirmamos que lutaremos para a manutenção dos Direitos Indígenas, para:

  • Garantir ao atendimento específico e diferenciado a saúde indígena;
  • Garantia de contratação de profissionais indígenas de saúde para atender nas aldeias e na cidade;
  • Garantia dos territórios dos povos indígenas do Brasil em especial dos povos indígena Karitiana e Kassupá que se encontram com pedido de ampliação e reconhecimento e que cuja Moção foi apresentada nesta Conferência.
  • Garantia a proteção das terras indígenas;
  • Retirada de todos os invasores das terras indígenas, em especial da Terra Indígena Karipuna que se encontra em estado de emergência e de eminente genocídio;
  • Proteção e levantamento dos territórios dos indígenas isolados, devendo a Funai reativar as Frente de Proteção Etnoambientais;

Continuaremos lutando por saúde diferenciada, territórios demarcados e por todos nossos direitos garantidos constitucionalmente.

 

Compartilhar:
Tags: