03/10/2018

Imprensa nacional e internacional repercute dados de violências contra indígenas no Brasil

Publicado anualmente há 21 anos, os dados do Relatório constatam, nesta edição, o preocupante aumento de tipos de violência, saltando de 14 para 19, praticadas contra os povos indígenas e seus territórios.

Índios da etnia Akroá Gamella (Viana, no Maranhão) sofreram um brutal ataque na nova retomada de terra que estavam fazendo no município de Viana, no povoado dos Bahias. Foto: Ana Amélia/Cimi

O Relatório Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil – Dados de 2017, lançado pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), no último dia 27, em Brasília, foi divulgado pela imprensa nacional e internacional. Publicado anualmente há 21 anos, os dados do Relatório constatam, nesta edição, o preocupante aumento de tipos de violência, saltando de 14 para 19, praticadas contra os povos indígenas e seus territórios.

A imprensa repercutiu, na maioria das publicações, o número de suicídios (128 casos), assassinatos (110 casos), mortalidade na infância (702 casos) e as violações relacionadas ao direito à terra originária e à proteção delas.

Relatório - Violência contra os Povos Indígenas no Brasil - dados de 2017

Houve destaque, ainda, para o aumento de situações nos três tipos de “violência contra o patrimônio”, que integram o primeiro capítulo do Relatório: omissão e morosidade na regularização de terras (847 casos), conflitos relativos a direitos territoriais (20 casos), além de invasões possessórias, exploração ilegal de recursos naturais e danos diversos ao patrimônio (96 casos registrados).

As invasões aos territórios tradicionais, situação comumente denunciada por veículos de comunicação e projetos especiais de jornalismo, receberam atenção no que tange o roubo de bens naturais, como madeira e minérios; caça e pesca ilegais; contaminação do solo e da água por agrotóxicos e incêndios, dentre outras ações criminosas. No ano passado, o Relatório do Cimi registrou 59 casos – houve, portanto, um aumento de 62% em 2017.

A invasão de madeireiros, garimpeiros e venda de lotes dentro de sua terra já demarcada foi um dos pontos trazidos na apresentação do Relatório pela liderança indígena André Karipuna. O povo Karipuna (RO) denuncia a situação que levou 10 mil hectares de floresta a serem destruídos em território demarcado há 28 anos.  Em março, a situação foi relatada para a Funai, IBAMA e MPF. 

A violação aos direitos dos povos, conforme o entendimento visto nesta cobertura da imprensa, sobretudo em relação ao usufruto exclusivo do território pelos indígenas e dos bens nele contidos, é agravada pelo fato de, recorrentemente, haver intimidações, ameaças e, muitas vezes, ações físicas violentas contra os indígenas, como ataques às comunidades e atentados previamente articulados.

Confira abaixo a repercussão na imprensa:

DW Made for Minds – Relatório destaca 50 parlamentares mais “anti-indígenas” 

El País – Bebê morto com tiro na cabeça é um cruel símbolo da situação dos povos indígenas no Brasil 

Vatican News – Cimi: relatório sobre aumento da violência contra povos indígenas no Brasil em 2017 

Agência Brasil EBC – Relatório do Cimi revela que 110 indígenas foram assassinados em 2017 

Brasil de Fato – Aumentam casos de devastação de patrimônios indígenas 

Congresso em Foco – Estudo do Cimi mostra quem são os “parlamentares anti-indígenas”

Jornal Extra Classe – Congresso Anti-Indígena

Rádio Câmara – Relatório do Conselho Indigenista Missionário denuncia aumento da violência contra povos indígenas no Brasil 

Bom dia MS TV Globo – Rural: Relatório aponta que morte de índios continua alta 

Portal Brasil 247 – Relatório Mostra Aumento da Violência Contra Povos Indígenas no Brasil 

TV Canção Nova – Relatório detalha a violência contra os povos indígenas

O Globo – Aumenta número de casos de invasão e conflitos em terras indígenas, diz Cimi 

Sputniknews – Conselho Missionário denuncia violência contra índios: nenhum território demarcado em 2017 

Portal Amazônia – Mais de cem indígenas foram assassinados em 2017 no Brasil, aponta Conselho Indigenista 

Rede Brasil Atual – Relatório mostra aumento da violência contra povos indígenas no Brasil 

G1 Distrito Federal – Suicídio entre índios cresce 20% em um ano; confinamento é apontado como causa 

Portal Aleteia CNBB – Relatório mostra aumento da violência contra povos indígenas no Brasil em 2017 

Jornal do Brasil (Terra) – Relatório do Cimi revela que 110 indígenas foram assassinados em 2017 

Ecodebate – Violência contra os povos indígenas no Brasil tem aumento sistêmico e contínuo 

Diário de Notícias – Brasil registou 110 homicídios de indígenas em 2017 

A Crítica – Amazonas é o segundo Estado do País com mais assassinatos de indígenas, diz relatório 

Sul 21 – Cimi lança nesta quinta relatório sobre violência contra os povos indígenas no Brasil 

G1 MT – Mato Grosso registra 8 invasões em terras indígenas em 2017, diz levantamento 

Instituto Humanitas Unisinos – Bebê morto com tiro na cabeça é um cruel símbolo da situação dos povos indígenas no Brasil 

Mídias News – Mato Grosso registra 8 invasões em terras indígenas em 2017 

Ponta Porã Informa – Com 74 terras sem demarcação, MS é o terceiro em assassinatos de índios

Folha de Londrina – Relatório aponta 110 índios assassinados em 2017 

Revista Missões – Cimi Divulga Relatório Sobre Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil 

Destak Jornal – Relatório aponta aumento na violência contra indígenas

JCOnline – Relatório do Cimi revela que 110 indígenas foram assassinados em 2017 

SP Bancários – Relatório mostra aumento da violência contra povos indígenas no Brasil 

Isso é Notícia – A morte de um bebê indígena com tiro na cabeça que não ganhou as manchetes 

Jornal GGN – Violência sistêmica contra indígenas: 110 foram assassinados no último ano 

Chico Terra – Violência sistêmica contra indígenas: 110 foram assassinados no último ano 

Gente de Opinião – Cimi: relatório sobre aumento da violência contra povos indígenas no Brasil em 2017 

D24AM – Amazonas é o segundo Estado do País com mais assassinatos de índios 

Folha de Dourados – Relatório aponta 53 mortes em MS de indígenas em conflitos no campo e desnutrição de crianças

Central Única dos Trabalhadores (CUT) – Relatório mostra aumento da violência contra povos indígenas no Brasil 

TNH1 – Suicídio entre índios cresce 20%; relatório aponta desassistência do Governo 

O Nortão – Mato Grosso registra 8 invasões em terras indígenas em 2017, diz levantamento

Roraima Em Tempo – Relatório destaca violência contra os povos indígenas de Roraima em 2017

Campo Grande News – Com 74 terras sem demarcação, MS é o terceiro em assassinatos de índios

G1 Mato Grosso – Mato Grosso registra 8 invasões em terras indígenas em 2017, diz levantamento 

Brasil de Fato – Posição de Bolsonaro sobre demarcação de terra gera 10 assassinatos de índios por mês

Mídia News – Oito terras indígenas foram invadidas em Mato Grosso em 2017 

IstoÉDinheiro – O martírio indígena

Click Bahia – Mais de 100 índios assassinados no Brasil no ano passado

Jornal GGN – Na ONU, Estado brasileiro ignora violações de Direitos Humanos pelo agronegócio

EcoDebate – Povo Kanamari realiza o 1º Mutirão em Defesa dos Direitos Indígenas, em Maraã, Amazonas 

Diário de Notícias – Brasil registou 110 homicídios de indígenas em 2017

Compartilhar:
Tags: