03/05/2010

Indígenas de Vilhena exigem melhorias por parte da Funasa

Os povos indígenas de jurisdição do pólo base de Vilhena, estão reunido para discutir e exigir que a Funasa tome providências para resolver os problemas que atualmente vem atingindo a população indígena da região. A falta de assistência a saúde indígena, principalmente a falta de assistência na Casai em Vilhena, tem  preocupado muito as lideranças, pois foram muitas as promessas da Funasa e até o momento nada foi solucionado. E ainda, ao invés da Funasa executar as ações da saúde, o órgão solicitou a presença da Policia Federal para retirar os indígenas da Sede do Pólo base de Vilhena. Diante dos problemas, as lideranças indígenas solicitam as seguintes providências:

 

1-A construção imediata do muro da Casai, para a proteção e integridade física dos pacientes indígenas;

 

2-Que a Funasa promova a reforma da Casai de Vilhena;

 

3-A Contratação imediata de médicos e enfermeiros para atender os paciente indígenas na Casai;

 

4-Aquisição de colchões, cama hospitalar, cobertores, e medicamentos controlados para os pacientes indígenas que necessitam;

 

5-Que a Funasa, providencie a ajuda de custo para os pacientes, quando os mesmo viajam para fazer o tratamento em outra cidade;

 

6-Agilidade nos consertos dos veículos que atendem a Casai e as aldeias indígenas, para atender os casos de emergências nas aldeias;

 

7-Promova a estruturação de um laboratório na Casai, para fazer especificamente os exames como: hemograma e outros tipos de exames;

 

8-A exoneração da Chefe do Pólo base de Vilhena, Fernanda G. C. Pelizza;

 

9-Que a Funasa providencie a construção e reformas dos postos de Saúde indígena nas aldeias;

 

10-Providencia na instalação de uma linha telefônica fixa na Casai;

 

11-Providências para realizar o saneamento básico nas aldeias;

 

12-Ajuda aos parceiros com combustível para os veículos das comunidades que, muitas vezes, trazem os pacientes indígenas da aldeia para Casai;

 

13-Garanta a aquisição de um micro-ônibus para atender os pacientes indígenas da Casai.

 

Além das reivindicações, a previsão é ainda de chegar mais lideranças de outras aldeias, para continuar o manifesto no pólo de Vilhena, pois só sairão do Pólo quando  forem ouvidos e recebidos por Alda Uchoa – Coordenadora do Distrito de Saúde Indígena em Cacoal e o presidente do Conselho de Saúde Indígena, Nelsom Rikbatsa, que até o momento ainda não se manifestaram se vão ou não receber as lideranças indígenas.

 

José Luis Kassupá

Tesoureiro – CUNPIR

Vilhena-RO, 29 de Abrilde 2010.

Fonte: Cimi Regional Rondônia
Compartilhar: