Português English

Frentes de Proteção a Povos Isolados são fechadas no AM e Focimp divulga nota em repúdio

Inserido por: Administrador em 18/04/2017.
Fonte da notícia: Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus (Focimp)

Os povos indígenas seguem manifestando-se publicamente contra o desmonte da Fundação Nacional do Índio (Funai) tocada a todo vapor pelo governo de Michel Temer. A Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus (Focimp), em nota pública, repudia o fechamento de três Frentes de Proteção Etnoambiental dos Povos Isolados - Hi’Merimã, Katawixi e Suruwaha.


"(...) coloca todos os povos indígenas da região do Rio Purus em completo abandono e desassistência", diz trecho da nota. A Focimp repudia também o encerramento dos trabalhos de Coordenações Locais da Funai país afora. Na próxima semana, terá início o Acampamento Terra Livre (ATL), em Brasília, que reunirá ao menos 1500 indígenas do Brasil.


Leia na íntegra:


NOTA DE REPÚDIO


A FOCIMP - Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus vem a público repudiar a decisão do presidente da FUNAI em relação às medidas tomadas na região do Médio Rio Purus sem consulta aos povos indígenas, conforme a convenção 169 da OIT.


Repudiamos o fechamento das Coordenações Regionais da FUNAI (Cr’s) em todo o Brasil e das Frentes Etno Ambiental de Proteção aos Povos Isolados Hi’Merimã, Katawixi e Suruwaha, o que coloca todos os povos indígenas da região do Rio Purus em completo abandono e desassistência e principalmente aos povos isolados em situação de vulnerabilidade uma vez que os entornos das terras onde habitam esses povos estão sob grande pressão por interesses exploratórios.


A FOCIMP vem deixar claro que não vai ser conivente com esse golpe de desmonte do desgoverno Temer que não nos representa e destrói todos os nossos direitos seja na saúde, educação ou na demarcação de nossas terras, incentivando assim conflitos e abrindo as portas ao agronegócio que rouba, mata e polui nossas terras e águas.

Exigimos respeito e estaremos lutando até o último índio em defesa de nossos direitos.


Lábrea 17 de abril de 2017.



MARCILIO BATALHA APURINÃ

Coordenador Executivo

FOCIMP - Federação das Organizações e Comunidades

Indígenas do Médio Purus

AM

Nas lutas, conquistas e perspectivas, povo Deni resiste e celebra sua história

Nos dias 20 a 23 de setembro, a aldeia Itaúba, no Rio Xeruã, em Itamarati, Amazonas, recebeu a XII Assembleia da Associação dos Povo Deni do Rio Xeruã

Presidente da Funai dá poucas explicações sobre as investigações do massacre de isolados no Javari

É impensável que as investigações sobre o massacre se limitem a sobrevoos e que até esse momento nenhuma investigação tenha sido feita pelo rio e por terra

Indígenas do Médio Rio Negro expulsam garimpeiros de terra demarcada

As mobilizações se intensificaram em razão das informações do massacre acontecido no Vale do Javari

Diocese do Alto Solimões manifesta-se sobre denúncia de massacre de indígenas no Vale do Javari

A nota, assinada pelo Bispo de Alto Solimões (AM), Dom Adolfo Zon Pereira, lamenta "o patrocínio pelo poder público federal à mineração em detrimento das minorias, especialmente dos Povos Indígenas"

Coiab e CIR divulgam notas de repúdio ao massacre contra indígenas isolados no Vale do Javari

As organizações denunciam o desmonte da Funai intensificado após o sequestro do palácio do Planalto

Total de Resultados: 165

Página atual: 1 de 33

123456 Próximo Final

Endereço: SDS, Ed. Venâncio III Salas 309/314 - Brasília-DF Cep: 70393-902 - Brasil - Tel: (61) 2106-1650 - Fax: (61) 2106-1651        Twitter - Ciminacional Skype - imprensa_cimi
desenvolvimento: wv