Português English

Vistoria do MPF encontra escola indígena em condições precárias em Aquidauana (MS)

Inserido por: Administrador em 15/05/2017.
Fonte da notícia: Assessoria de Comunicação MPF


Cada sala de aula só possui a iluminação de uma lâmpada. Foto: MPF/MS

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) realizou vistoria técnica na Escola Municipal Indígena Polo General Cândido Rondon, localizada na Aldeia Bananal, no município de Aquidauana (MS). A diligência ocorreu após reclamação da comunidade sobre as más condições físicas e estruturais do local.

O prédio, que abriga 350 alunos e 25 professores nos três turnos de funcionamento, não passa por manutenções periódicas. Durante a vistoria, foram encontradas telhas e janelas quebradas, fiação exposta, ventilador e cadeiras deteriorados, banheiros em péssimas condições de uso (alguns, sem água e interditados), sala de informática desativada e até mangueira de gás vencida há 5 anos.

Nas salas de aula, os alunos indígenas, mesmo os do período noturno, contam apenas com a iluminação de uma lâmpada por cômodo. Além disso, de acordo com relato do cacique da comunidade, é comum a falta de água e de energia no local. Segundo ele, o abastecimento é restrito e já no período vespertino os estudantes enfrentam a ausência de água no colégio.

 


Infiltração no banheiro da escola. Fotos: MPF/MS

Do lado externo do prédio, o MPF encontrou precárias condições de higiene e segurança. Não há iluminação externa, lixos estão depositados no pátio da escola e as tubulações de esgoto, além de expostas, estão próximas da cozinha.

A Vigilância Sanitária já visitou o local e estabeleceu prazo de 60 dias para que a Prefeitura de Aquidauana corrija as falhas de higiene encontradas. O MPF deve acionar os gestores locais para assegurar aos Terena condições dignas de acesso à educação.

Notícias

Comissão Pastoral da Terra (CPT) publica Atlas de Conflitos na Amazônia Legal

Na próxima quinta-feira (28), às 14 horas, no Centro Cultural Missionário, em Brasília (DF), a CPT, em parceria com a Comissão da Amazônia da CNBB e a REPAM, lançará o "Atlas de Conflitos na...

Cercados, Guarani Nhandeva temem ataque de pistoleiros em retomada no Mato Grosso do Sul

Retomada fica dentro da terra indígena Ypo'i/Triunfo, reconhecida pela Funai em 2016. “Precisamos da Polícia Federal. Estamos cercados e em perigo”, denuncia liderança

Ministério Público de Santa Catarina determina demarcação e proteção da terra indígena Cambirela

A Justiça Federal, em decisão na ação do Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF/SC), determinou que Fundação Nacional do Índio (Funai) finalize o processo de demarcação da terra indígena...

Em nota, Repam expressa indignação diante possível massacre sofrido por indígenas em isolamento voluntário

A Rede Eclesial Pan Amazônica (Repam) expressou em um comunicado a indignação e a forte repulsa diante ao possível massacre sofrido por povos indígenas em isolamento voluntário na Amazônia brasileira

No aniversário da Declaração da ONU sobre direitos indígenas, APIB convoca mobilização contra parecer anti-demarcações de Temer

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil convoca povos indígenas e apoiadores para uma grande mobilização nacional contra Parecer 01/17 da AGU no dia 13 de setembro

Total de Resultados: 212

Página atual: 1 de 43

123456 Próximo Final

Endereço: SDS, Ed. Venâncio III Salas 309/314 - Brasília-DF Cep: 70393-902 - Brasil - Tel: (61) 2106-1650 - Fax: (61) 2106-1651        Twitter - Ciminacional Skype - imprensa_cimi
desenvolvimento: wv